clique aqui!
by Banner-Link

Questionário de Microbiologia I

1) Compare a eficácia do calor seco e do calor úmido como métodos de esterilização.
    O calor úmido é mais eficiente que o calor seco.   O calor aliado à umidade destrói as bactérias com maior rapidez, além do vapor garantir a distribuição do calor a todas as partes do recipiente de esterilização.    Uma temperatura de 100'C durante 2 a 3 minutos destrói todas as formas bacterianas em escala laboratorial, com exceção dos esporos.   Para estes, utiliza-se a temperatura de 120'C durante 15 minutos.    O calor seco é empregado para esterilizar materiais que devem permanecer secos, e são empregados fornos elétricos com ar quente circulante, e como o calor sobre materiais secos é menos eficiente, usa-se a temperatura de 160'C durante 1 ou 2 horas.
 
2) Estabeleça a diferença entre as células vegetativas das bactérias e seus esporos, quanto à resistência térmica.
    Os esporos são mais resistentes que as células vegetativas aos agentes físicos e químicos e representam nas bactérias não um meio de sobrevivência, mas de multiplicação da espécie.As formas vegetativas das bactérias tem menor resistência térmica que os seus esporos, com estes necessitando de uma temperatura bem maior durante mais tempo para tornar um dado material estéril.  A maior resistência dos esporos deve-se ao estado de desidratação de seus citoplasmas.

3) Faça a distinção entre ponto letal térmico, tempo de morte térmica e tempo de redução decimal.
    Ponto de morte térmico refere-se à mais baixa temperatura capaz de causar a morte de uma suspensão de bactérias em 10 minutos.
    Tempo de morte térmica diz respeito ao mais curto espaço de tempo necessário para destruir uma suspensão bacteriana sob determinada temperatura em condições específicas.

4) O que é autoclave?
    Aparelho utilizado para esterilização de materiais, utilizando calor úmido em temperaturas que variam de 100'C durante poucos minutos até 120'C por bem mais tempo.   Normalmente trabalha mantendo o vapor em contato com o material a uma pressão de 15 libras por polegada quadrada acima da pressão atmosférica.    É baseado no princípio de que a água quando aquecida em um recipiente fechado onde o vapor fica retido sob pressão, pode atingir temperaturas muito elevadas sem ferver.

5)Qual o significado da pressão na eficiência da autoclavagem como método de esterilização?
    O calor úmido sob pressão é ainda mais energético do que o vapor fervente, pois destrói as células permitindo maior eficácia no método de esterilização.

6) Qual é o princípio da esterilização por tindalização?
    O calor úmido na temperatura de 100'C é insuficiente para uma esterilização completa, pois não é capaz de destruir esporos.   Repetindo-se o aquecimento 2 ou 3 vezes consecutivas consegue-se destruir todas as bactérias.   Dá-se o nome de tindalização ou esterilização fracionada a este aquecimento repetido com intervalo adequado.

7) Cite alguns materiais que são, preferentemente, esterilizados no forno de ar quente.   Para cada um indique por que o calor seco é o agente de escolha para a esterilização.
    Pó, vaselinas, óleos (120 min, 160'C), instrumentos cirúrgicos, seringas, agulhas, etc (180 min, 150'C).   O processo consiste em aquecer o material a temperatura relativamente longa, pois visa-se a destruição dos microrganismos patogênicos, mas não a eliminação total dos germes contaminados.

8) Qual é a resposta dos microrganismos às temperaturas abaixo de zero?
    A maioria das bactérias pode sobreviver a temperaturas muito abaixo da temperatura mínima de crescimento.   Se uma suspensão de bactérias é congelada rapidamente, ela pode ser conservada a temperaturas tão baixas como - 194'C por longos períodos de tempo com apenas uma pequena perda de viabilidade.   Nessas baixas temperaturas não ocorre reação metabólica, elas sobrevivem num estado de "morte aparente".   Algumas morrem devido a formação de cristais de gelo no interior dela e da consequente ruptura celular.

9) Por que a dessecação é um meio efetivo de preservação?   Sua ação é microbicida ou microbiostática?    Cite alguns exemplos de materiais preservados pela dessecação.
    Para conservar a cultura bacteriana, deve-se operar a dessecação rapidamente, de modo a evitar a desnaturação das proteínas bacterianas, mantendo-se um estado de latência por muito tempo.   Nesse caso a dessecação é microbiostática.   Por outro lado, se a dessecação for lenta, determina a morte das bactérias, caracterizando também a sua ação microbicida.   Exemplo: conservação das culturas de bactérias para estudo.

10) Sob que aspecto a inibição microbiana devida à dessecacão é similar à causada pelas altas concentrações de sal ou de açúcar?
    Ambas inibem a atividade metabólica microbiana.

11) Cite alguns tipos de radiações microbicidas.  Quais são as vantagens, limitações e aplicações práticas de cada uma?
    -Luz ultravioleta: sua ação deve-se, em parte, à produção de peróxidos (R-O-O-R) no meio, os quais funcionam como agentes oxidantes.
    - Luz Visível: causam mutações fotoquímicas em moléculas que a absorvam.  As bactérias absorvem pouca ou nenhuma luz na região visível, tornando-se sensível à luz visível.
    - Raios X: de maior poder penetrante, ionizam (e assim inativam) os constituintes celulares pelos quais passam.   Alguns dos efeitos também podem ser devidos à formação de peróxidos.   Pode-se proteger parcialmente as células excluindo o oxigênio durante a irradiação.
    Grande parte da ação letal da radiação, todavia, é o efeito da absorção ultravioleta pelo ADN, que produz ligações cruzadas entre resíduos pirimidínicos vizinhos (produtos de dímeros pirimidínicos).

12) Dê a definição de foto-reativação e explique o que ocorre nesse processo.
    As bactérias contém vários sistemas enzimáticos para reparar o ADN que contenha dímeros pirimidínicos.   Um sistema de fotorreativação é formado por uma enzima capaz de clivar os dímeros pirimidínicos.   Esta enzima é ativada pela luz visível, de modo que as células "mortas" pela luz ultravioleta podem ser reativadas pela exposição à luz intensa de comprimento de onda em torno de 400 nm.

13) Explique como alguns dos fenômenos fisiológicos das bactérias podem ser influenciados pelas forças de tensão superficial e interfacial.
    Ambas as tensões estão relacionadas com os processos vitais de uma célula.   Assim sendo, o crescimento e o processo de divisão celular são, sem dúvidas, influenciados em parte pelas forças superficiais do meio nutritivo.

14) Que tipos de materiais são, em geral, esterilizados em aparelhos de filtração bacteriológica?   Por quê?
    Esteriliza-se gases e líquidos como os soros, soluções de enzimas e vitaminas que não podem ser submetidas ao calor.

15) Qual a diferença significativa entre o filtro de membrana e os outros filtros bacteriológicos, quanto ao mecanismo de remoção dos microrganismos?
    - Filtros de ar: com algodão ou tampões de plástico ou metais.   Os de algodão sao usados como filtros efetivos porque permitem que o gás circule lentaente nos tubos e somente através do algodão, prendendo os microrganismos em sua trama.
    - Filtros de membrana: para reconhecer os microrganismos e determinar seu tipo e quantidade.
    Os diversos tipos de filtros se fabricam em diferentes tamanhos e com diferentes graus de porosidade, a fim de reter as bactérias menores.   Os filtros de vidros porosos ultra-finos e os de membrana são os mais empregados ultimamente.

anterior microbiologia próxima

clique aqui!
by Banner-Link

clique aqui!
by Banner-Link

1