HISTÓRIA DO VOLEIBOL
O Voleibol foi criado no ano de 1895 pelo americano William  C.  Morgan,  diretor  de  educação física da  Associação  Cristã de  Moços (ACM),  na cidade de Holyoke, em  Massachusets, nos  Estados  Unidos da  América do Norte.  O nome original do novo esporte era minonette.
O  primeiro  artigo  sobre  o jogo apareceu  publicado no  número de julho de 1896  do Physycal Education.  Seu autor, J.  Y.  Cameron,  de  Búfalo,  Nova  Iorque, escreveu:
"O voleibol é um novo jogo, exatamente apropriado para o ginásio ou quadra coberta, mas que pode,  também,  ser praticado ao ar livre. Qualquer número de  pessoas pode praticá-lo. O jogo consiste em conservar uma bola em movimento sobre uma rede alta, de um lado para o outro, e apresenta, assim, as características dos outros jogos, como o tênis e o handebol".
No  Brasil,  dizem uns que  ele foi  praticado,  pela  primeira vez, em 1915,  no Colégio Marista de Pernambuco, e outros que o mesmo foi introduzido por volta de 1916/1917, pela ACM  de São Paulo. Mas há um documento de um colégio de Pernambuco que data de 1911 com regras de um campeonato de Voleibol.
A Confederação Sul-Americana de Volley-Ball foi fundada em 12 de fevereiro de 1946, no Brasil, e teve seu primeiro presidente o Dr. Célio Negreiros de Barros.
O criador do voleibol,  Willian C. Morgan,  faleceu em 27 de dezembro de 1942, com  72 anos de idade.
Atualmente, estamos passando por uma série de modificações na regra.
As novas atingem os quatro primeiros sets. O objetivo é fazer do vôlei um esporte mais
 dinâmico. Agora, quando o cronômetro chega ao 25º minuto, o set é paralisado por um
 minuto. Quando os jogadores voltam à quadra, o resto do set é disputado em sistema de  tie-break, ou seja, bola no chão é ponto.  Se o set acabar antes do tempo limite, vale a regra antiga. Se o set estiver empatado em 14  a 14, o placar máximo continua sendo de 17. O número de sets também não mudou. O  quinto, se houver necessidade, continua sendo o decisivo e será jogado desde o início no  sistema de tie-break.
 Nada é definitivo. O teste vai tentar dinamizar o esporte, evitar o desgaste excessivo dos  jogadores e tornar o espetáculo mais atrativo para o público. Na verdade, é também uma  tentativa de se manter ao lado daquele que pode ser um amigo fiel ou um grande inimigo: o  controle remoto.
 

Voltar a página inicial



 
 

Equipamentos

1) Bola
        Para Volei Indoor( de quadra), a bola oficial do voleibol é a Mikasa, que deve estar custando uns R$ 40,00.  Outra ótima bola é a Penalty
        Para volei de praia tem a Spalding e a Wilson. São bolas do circuito americano de volei  de praia

2) Tênis
        Qualquer tenis que se use diariamente nao podendo ter nenhum tipo de salto na parte de trás.

3) Meia
        É aconselhavel que jogue de meia, para o pé não escorregar
 
4) Rede
        Há vários tipos de rede, não havendo preferencia de marca. Deve estar custando cerca de R$ 200,00.

5) Joelheira
        Para proteger o joelho no caso de mergulho para defesa, pode ser encontrada em qualquer supermecado ou loja de artigo esportivo

Agora que você conhece mais dos equipamentos do volei, BOM JOGO!!!
Exemplo de bola usada no Volei de Praia
 
 

Voltar para a página principal