Como Hipnotizar

Por Steven Hall

http://www.mindworks.uk.com/news/how_to_hypnotise_1.htm

Tradução : Nil

 

Introdução

 

“O que é hipnose?”


A hipnose é um estado alterado de consciência e não há nada de misterioso ou mágico sobre ela. Todos entram e saem de um transe muitas vezes por dia sem se dar conta disso!


Quando uma pessoa está hipnotizada é possível comunicar-se diretamente com sua mente subconsciente. A mente subconsciente não critica nem raciocina do mesmo modo que a mente consciente faz. Apenas faz o que se manda fazer.


Assim, se você diz a uma pessoa que esta inteiramente alerta que ela é uma bailarina, ela fará uma comparação com a verdade que conhece e então descartará sua ordem respondendo que você está errado. Mas se ela está em transe, apenas aceita a ordem e passa a fazer piruetas, feliz da vida, pelo palco!


Equívocos: Há muitos equívocos sobre o transe, assim vamos tirá-los do caminho e daí nós podemos adentrar no lado mais emocionante da hipnose:

 

  • A hipnose não é a mesma coisa que o sono, quando você está hipnotizado você poderá ouvir tudo que um hipnotizador diz.
  • É impossível ficar “travado” numa hipnose. Se um hipnotizador se vai e deixa você em transe, você acordará após alguns minutos ou, se você estiver muito cansado, você poderá cair num sono normal e acordará quando estiver descansado.
  • Um hipnotizador não pode obrigá-lo a fazer “qualquer coisa”. Você está no controle, se você não está feliz com uma sugestão, você pode apenas se recusar a fazer. Similarmente, não tem capacidade de penetrar sua mente e descobrir seus segredos mais ocultos. Você pode ter visto num show de tv um hipnotizador parecer ter feito isto, mas fique certo que os voluntários sabem que ele é impedido disso, e não estariam no show se, verdadeiramente, não quisessem manter seus segredos.
  •  O Transe não é exatamente o que parece ser. Um hipnotizador não hipnotiza uma pessoa. Eles atuam simplesmente como um guia e ajudam a pessoa a se hipnotizar! De fato, toda a hipnose é auto-hipnose! Assim, quando você está aprendendo  como hipnotizar pessoas, na verdade o que você está aprendendo realmente é como ajudá-los a se hipnotizar. Agora você sabe seu papel… Eu quero dar-lhe rapidamente uma vista geral do processo inteiro de transe antes que nós terminemos sua primeira lição.

 

Estágios: O processo de transe tem alguns estágios muito específicos, e você precisará aprender todos se você pretende se tornar um hipnotizador:

 

  • 1) Processo pré-indução: Primeiramente nós temos a conversa pré-hipnótica. Este é um bate-papo informal que você tenha com seu cliente antes que todo o trabalho do transe comece. Se você está num palco, isto é o que você faz e diz enquanto seleciona seus voluntários!
  • 2) Processo de indução: Em seguida nós temos o processo real da indução. Há diversas maneiras de fazer isto e é muito mais simples do que você imagina.
  • 3) Transe profundo: Depois que a indução estiver completa você conduz para o transe profundo.
  • 4) Procedimento: Em seguida vem a parte que interessa. É aquilo que você faz utilizando o estado de transe; pode ser alguma terapia, uma rotina do estágio ou talvez algo mais exótico, como a descoberta de vidas passadas.
  • 5) Hora de acordar: Uma vez que o transe atendeu os seus propósitos, você aplica algumas sugestões hipnóticas de regra e encerra acordando o cliente.

 

Nas lições seguintes você aprenderá cada um desses estágios, assim antes de uma semana você poderá aplicar suas novas habilidades em seus amigos e familiares! Assim seja gentil com eles, pois você vai precisar deles como voluntários muito em breve!



Estágio 1 – Processo Pré-indução

 

A primeira fase do processo hipnótico é a conversa pré-indução. Este estágio é muito mais interessante e importante do que as pessoas consideram!

A conversa pré-indução é sua chance de preparar o cliente. Parece ser um bate-papo informal para colher alguma informação, mas é muito mais do que isso!

Durante este estágio você estará aplicando muitos comandos embutidos. Alguns destes serão usados para apoio na terapia, outros para assegurar uma indução rápida. Você também estará aumentando a empatia (rapport) com seu cliente, bem como colhendo informações importantes que você pode usar para realizar a terapia. Tudo isso acontece sem seu cliente perceber. Na perspectiva dele você está apenas tendo um bate-papo amigável!

Comandos embutidos: Os comandos embutidos são os comandos que você esconde dentro de sua conversação normal e são captados pela mente subconsciente do cliente. Eles passam desapercebidos pelo exame minucioso consciente e te ajudam a manipular a situação no sentido que você deseja conduzir. Os comandos embutidos não são tão significantes apenas para hipnotizar alguém! Você pode usá-los para quase tudo!

Para fazer seu comando, decida primeiramente o que você quer que seu cliente faça, em seguida esconda este comando dentro de uma sentença. Por exemplo, “Entre em transe” é um importante comando e pode ser escondido na sentença: “Quando você entrar em transe você ainda poderá ouvir minha voz.”

Você precisará destacar o comando para que a mente subconsciente possa capturá-lo do restante da sentença, mas faça isto muito sutilmente; uma mudança ligeira na tonalidade da voz será mais do que bastante. Não faça isso de maneira muito óbvia!

Pressupostos: Em seguida na caixa de ferramentas hipnótica da língua nós temos os pressupostos. Você usa estes para oferecer uma escolha falsa a seu cliente, por exemplo: “Eu não sei se você entrará em transe imediatamente ou levará alguns minutos relaxando para alcançá-lo.” Aqui você apresenta duas opções, contudo ambas são para entrar em transe, você não considera a opção de não entrar transe em nenhuma delas.

Pense em alguns comandos úteis que você pode dar e pratique escondê-los nas sentenças que você gostaria de usar durante o bate-papo pré-hipnótico.

Transmitindo segurança: obviamente, você precisará também usar este tempo para remover todos os maus entendidos sobre o transe. Certifique-se também que seu cliente saiba que ele ouvirá você durante todo o processo, caso contrário ele pensará que pode não ter sido hipnose! E também deixe claro que ele não ficará “travado” em transe e que você não o fará revelar segredos. Tudo isto deixa a mente mais acessível e torna o cliente muito mais receptivo.

Rapport: Para aumentar a empatia (rapport), observe o tipo de palavras que seu cliente usa, e use a mesma linguagem que ele usa (sistemas representacionais). As pessoas se encaixam geralmente em três categorias, alguns tendem a usar muitas palavras visuais, como: “Eu vejo o que você quer dizer” e pensam em imagens, outros pensam em sons, e provavelmente dirão: “Isso me soa bem” e alguns tendem a pensar por sentimentos, dirão coisas como: “Eu peguei isso”.

 Se seu cliente está usando frases visuais então você deve usar também, isto aumenta dramaticamente os níveis de empatia. E quando um cliente gosta de você, ele confia em você… e assim é muito mais fácil hipnotizá-lo!

 Pratique frases padrão de cada sistema representacional (visual, auditivo ou cinestésico), assim você poderá usar a sentença apropriada quando necessário.

 Você deve usar este tempo para conhecer o cliente um pouco melhor, seja amigável e apenas deixe-o fluir, uma vez que você tem a empatia do seu cliente, comece a diminuir o ritmo das coisas conduzindo para uma situação de relax. Seu cliente seguirá instintivamente seu direcionamento para manter a empatia com você. Você vê isso acontecendo todo o tempo em torno de você. Observe casais conversando, se eles estão em empatia e um muda a posição, o outro logo seguirá.

Agora é hora de começar praticar! Vá conversar com alguém e note quanto tempo leva para que você descubra qual o sistema de linguagem ele está usando. Daí se coloque no mesmo sistema! Ganhe a empatia com a pessoa e veja se você pode  fazê-lo mais relaxado, ou excitado apenas mudando seu próprio estado por um momento!

E lembre-se de praticar aqueles comandos embutidos! Talvez você tenha algum divertimento conseguindo que alguém te faça um chá ou pagar uma rodada de bebida! Primeiramente decida qual o comando, depois esconda-o em uma sentença que soaria normal.

 


Estágio 2 – Processo de Indução

 

Meios de indução: Há vários meios de se induzir o transe, dentre os principais estão o relaxamento, a confusão, o choque e a repetição. O choque e a confusão são fantásticos quando você adota técnicas mais dinâmicas da indução, mas para começar, vamos focar no relaxamento.

As pessoas raramente sabem como relaxar, então o primeiro passo é encaminhar um processo de relaxamento para se poder prosseguir. Uma ótima maneira de fazer isto é deixá-los sistematicamente tensos e depois relaxar cada grupo de músculos, um por um.

Uma vez que seu cliente está apropriadamente relaxado você aprofunda mais este nível, então torne as coisas mais vagarosas ainda. Fale lentamente e comece a arrasssssssstar suas palavras. Se você fez um bom trabalho de estabelecimento de empatia (rapport) com seu cliente, na medida em que você torna as coisas mais lentas ele alcançará um estado mais profundo ainda.

Faça bom uso das linguagens sugestivas padrões citadas anteriormente (pressupostos e comandos embutidos) e inclua algumas novas.

Pontes lingüísticas: as pontes lingüísticas são maneiras fantásticas de ajudar à indução. Para usá-las simplesmente narre a situação atual ao cliente e então direcione-o para o rumo que você deseja que ele siga. Ajuda se você pronunciar alguns direcionamentos primeiro, ficando algo assim: " Você está escutando o som de minha voz enquanto você relaxa e se senta confortavelmente com seus olhos fechados fazendo com que você sinta relaxado ainda mais  e alcançando o mais profundo e profuuuuuuuundo transe."


Para conectar seus direcionamentos aos comandos use palavras como, “e, ‘na medida que’, enquanto, causa e ‘faz com que...’” enquanto o transe se desenvolve.

Sinais do transe: Os sinais do transe podem ser observados pelos seguintes sintomas:

·         Rápidos movimentos dos olhos (REMS);

·         Músculos faciais relaxados;

·         Movimento da mandíbula apertando e afrouxando;

·         Bochechas avermelhadas;

·          Movimentos de relaxamento dos membros na medida em que a tensão é aliviada;

·         Mudança no padrão de respiração;

·         Sistema digestivo que retrocede (você pôde até mesmo ouvir sons do estômago!)

O segredo: Quando você vai hipnotizar uma pessoa você não precisa usar uma fala determinada. Não importa que palavras você usa, ou sua ordem precisa. Você simplesmente precisa relaxar a pessoa. Portanto se você sentir que as coisas estão indo muito rápido, reduuuuuuza o ritmo. Muitos scripts hipnóticos estão disponíveis mas você realmente não precisa de nenhum deles, simplesmente use uma argumentação em tom agradável e calmo e passe sugestões de relaxamento ao cliente. Ajuda mover-se em torno do corpo como um exercício de tensão e relaxamento.


Exemplo de script – músculos: Para começar aqui está uma amostra rápida que inclui todos os fatores de que falamos até agora:

" Você está escutando o som de minha voz enquanto você começa a relaxar um pouco mais profundamente agora. Seus olhos estão fechados e talvez você esteja querendo saber como você entrará em transe. Eu não sei se você entrará em transe imediatamente, ou levará um pouquinho de tempo para apreciar realmente este processo enquanto você começa a sentir isto acontecendo agora, isso é muito bom! Apenas relaxe e ouça a minha voz e enquanto você faz isso, eu quero que você concentre-se nos seus pés por um momento, simplesmente respire, ouça minha voz e concentre-se nos seus pés relaxando, muito bom. A cada respiração você pode sentir seus pés relaxando mais e mais, ficando cada vez mais e mais confortáveis e agora enquanto este sentimento facilmente se expande para suas pernas, envolvendo também seus tornozelos e permitindo que seus músculos da panturrilha relaxem… Isso te faz se sentir melhor. Apenas aprecie esta sensação enquanto ela também se espalha para os seus joelhos.”

Prossiga desta maneira passando por todo o corpo do cliente, e assegure de estar usando todos aqueles padrões de linguagem que você já aprendeu.

Tudo isso é apenas para uma básica indução de relaxamento progressivo! Naturalmente, você precisará aprofundar o estado do transe, o que nós faremos a seguir. Por agora, pratique! Se você não encontrar um voluntário disposto, simplesmente grave sua indução e escute você mesmo. Esta é uma grande maneira de praticar. A maioria das pessoas que fazem isto, ficam chocadas sobre como elas falam tão rapidamente. Quando você está no lado do receptor de sua indução você logo entende porque retardar o ritmo faz toda a diferença.

Uma grande coisa a fazer é imaginar que o cliente não entende sua língua, assim você tem que relaxá-lo com sua tonalidade de voz e seus passos.

 

Estágio 3 – Transe Profundo

 

Os meios de aprofundamento de transe são tantos e variados quanto os meios de induzir do transe. E você fará variações do que você aprendeu de acordo com as circunstâncias (e o cliente). Lembre-se que isto não é como usar uma fala determinada, você não tem que dizer cada palavra em uma certa ordem para que a coisa funcione, simplesmente siga um formato básico e você estará fazendo bem no seu decorrer!

Você pode fazer maravilhoso uso das linguagens padrão de hipnose, que você já aprendeu, para suportar o script de aprofundamento do transe. Assim, é sempre uma boa idéia elaborar algumas frases chaves antes da aplicação.

Ter um punhado das frases prontas é igualmente bom para o caso de você não conseguir pensar no que dizer em seguida. Com isso você ganha tempo para decidir o que fazer ou como prosseguir com a indução.

Descendo - aprofundando: Um aprofundamento básico do transe é criado a partir da relação entre uma idéia de mover-se em um sentido descendente com a de ir mais profundo no transe. Você precisará descrever uma cena para que seu cliente imagine-a, a qual você narra durante o processo enquanto aplica linguagens sugestivas de aprofundamento do transe. Alguns exemplos comuns são: descendo escada abaixo, descendo em um elevador, descendo uma trilha numa floresta, descendo uma escada rolante.

Muitos hipnotizadores gostam de fazer contagem regressiva (e alguns progressiva) enquanto fazem o aprofundamento do transe. Se você opta por usar a situação da escadaria você pode contar um número a cada degrau abaixo. Alguns hipnotizadores usam números nos elevadores e mandam o cliente se imaginar prestando atenção aos números diminuindo enquanto o elevador vai descendo e descendo.

O elevador é um grande exemplo! Na medida em que ele que se move do térreo até o subsolo, este movimento representa uma metáfora de movimento da consciência consciente para a consciência subconsciente.

 O que quer que você escolha, conecte isso ao relaxamento. Por exemplo, diga que cada número faz com que ele relaxe mais profundamente, e quanto mais relaxado se torna, mais profundo no transe ele vai.

O aprofundamento do transe não tem que ser tão complicado. Eu conheço um hipnotizador que faz sempre o mesmo aprofundamento básico. Ele simplesmente conta de 10 até 1, muito lentamente e diz as palavras: “Durma agora, contrai descontrai, contrai descontrai, Muito bom!”; no intervalo de cada número.

Tom grave e lento: Este aprofundador de transe é muito simples, mas funciona, tente-o! Quando você aprofunda um transe a coisa mais importante a focalizar é sua voz. Se você lê um script perfeito de aprofundamento perfeito para o seu cliente em uma voz nasal aguda isto irá somente agitá-lo. Você precisa realmente retardar o ritmo e baixar o tom. Faça isto progressivamente e assim você conseguirá ir devagar e mais devagar enquanto o transe se aprofunda.

 Você precisa baixar seu tom de voz. Um ótimo exercício para melhorar a qualidade do seu tom é praticar o agravamento da sua voz. Fale pelo seu nariz enquanto você toca nele, a seguir mova o toque para sua boca e passe a falar pela sua boca, depois sua garganta. O próximo passo é mover sua mão para seu peito e sinta a voz vir de lá, a seguir chegue ao seu estômago. Descanse sua mão em seu estômago e sinta sua voz surgindo profundamente de dentro enquanto você pratica as induções e os aprofundamentos.

 Esta é sua voz hipnótica, aparte das palavras que você fala, esta é sua única ferramenta, então, ocupe-se em treiná-la bem! Um cantor não seria tão bom praticando seu canto apenas no palco, ele treina… muito! E sua voz hipnótica não é diferente, então pratique!

Durante o processo da indução do transe você deve centrar-se sobre o corpo do cliente. Na medida em que você prossegue para o aprofundamento do transe, você desloca do foco interno faz com que o foco do cliente se direcione para as idéias e as imagens que você apresenta.

Você pode facilmente compor seu próprio método de aprofundamento usando estas dicas como um guia. Isso te fará um hipnotizador muito melhor. Escute também outros hipnotizadores e observe o que eles fazem, os programas hipnóticos de áudio são uma grande fonte de inspiração. Também é interessante captar todos os padrões hipnóticos de linguagem que eles usam.

 Sempre que eu uso a indução da escadaria eu gosto de terminá-la tendo o cliente imaginando que ele está na parte inferior da escada, e que na frente dele está uma porta. Eu digo-lhe que a porta o conduz a um lugar especial e assim que nós passamos através dela ele entrará em um transe profundo, profundo.

Às vezes eu uso o aprofundador da caminhada da floresta também, e neste eu digo o cliente para imaginar que alcançou uma clareira. E na clareira há uma cama muito especial, e assim que ele deita sobre ela e cai adormecido, ele pode começar a sonhar que está adentrando em um transe profundo, profundo.

 Aplicando algo similar a estes permite você a direcionar o cliente de um estado de relaxamento profundo para o transe profundo. É similar ao elevador que vai para baixo até o subsolo.

Este bocado de coisas é a um mecanismo de aprofundamento básico do transe, pratique tudo que você tem aprendido até agora e veja se você consegue o conectar tudo completamente sem reler as anotações. Ter algumas idéias básicas em sua mente é geralmente o bastante. E naturalmente, algumas sugestões feitas prontas à mão para quando você precisar de um pouco de tempo para pensar.

 Eu espero que você venha sendo gentil com seus amigos e familiares porque você precisará muito em breve de alguns voluntários ansiosos! Tal como no exercício da indução, grave alguns aprofundadores e escute, e lembre-se de ir realmente devaaaaagaaaaar e graaaaave. A maneira que você fala é muito, MUITO mais importante do que o que você diz.

 

Estágio 4 – Procedimento

 

Nesta fase trataremos o transe propriamente dito e o que fazer com ele!

Para o que é que seja que você está usando a hipnose, as lições até agora atenderão a qualquer circunstância. Se você está planejando aplicar hipnose no palco, você irá querer aprender um pouco mais de induções imediatas e dinâmicas também, mas estas induções básicas são um grande começo.

Usos do transe: Então, o que a fazer com seu cliente hipnotizado? Você tem basicamente três opções para onde levar o transe. Você pode fazer alguma terapia, você pode usar o transe para o entretenimento ou você pode usá-lo para obter alguma informação.

Para fins terapêuticos: O que eu estou dando você aqui é são somente princípios básicos, se você quer se aprofundar em hipnoterapia então siga em frente e continue seus estudos.

Seja lá qual for o problema que você irá tratar, certifique-se de que seu cliente busque conselho médico convencional das buscas do cliente antes que você faça qualquer coisa. Curar uma dor de cabeça é fantástico, mas não se seu cliente morre mais tarde de um tumor de cérebro!

Antes, as regras: Terapia básica é muito simples, mas também muito fácil pra cair em erro… e MUITOS hipnotizadores caem em erro! Há três regras simples a segui:

·         Regra 1: certifique-se que suas sugestões são positivas!

Você deve ser positivo, a ordem, “Você parará de fumar” é negativa! Qualquer coisa com as palavras “Não e parar” é negativa! Transforme-as numa forma positiva. Logo “Você parará de fumar” deve ser transformado em “Você é um orgulhoso anti fumo feliz, e saudável!”;  “Você não quer comer bolo que de chocolate, ele tem gosto horrível pra você” é negativo! Em vez disso, diga: “Você adora comer o alimento fresco e saudável, isto tem um gosto maravilhoso e só de pensar em estar comendo isso você se sente muito bem!”

·         Regra 2: Diga tudo no tempo verbal do presente!

Quando você aplicar  sugestões certifica que está fazendo no tempo presente, mesmo se você está falando sobre o futuro! Com fumantes isto é simples, você apenas diz: “Você é um orgulhoso anti fumo feliz, e saudável!” Quando você está tratando algo que inclui o tempo, como perda de peso, você tem que acertar a fala um pouco, então você diz, “Em três meses a partir de agora, você É um tamanho 46 perfeito, e você se sente fantástico em relação a você mesmo.”

·         Régua 3: Verifique!

A maioria dos problemas têm um ganho secundário. Tal como comer para o conforto ou a lamentação sobre um problema para ganhar a simpatia. Um cliente mesmo paralisado psicologicamente não deve sair! Sendo assim, certifique-se de checar todas as mudanças que você fizer. Faça seu cliente imaginar sua vida no futuro com a mudança completa. Consiga que ele imagine a vida em 5, em 10, em 15 e mesmo em 20 anos à frente. Como a mudança o afetou, suas pessoas queridas, seu trabalho… qualquer coisa! Se você descobre quaisquer problemas, repense sua terapia, ou redirecione o problema.

Pode ser que você descubra que você pode instalar uma maneira mais saudável de satisfazer o ganho secundário que o problema estava alimentando.

Para fins de entretenimento: Esta é a finalidade a qual a maioria das pessoas que lêem estas orientações, querem fazer. Obviamente eu não sei para quê você quer aprender hipnose, mas a maioria das pessoas querem, pelo menos, tentar hipnotizar seus companheiros ou colegas de trabalho para algum divertimento, mesmo que eles não planejem nunca subir num palco. E isto é uma grande prática também!

Para o estilo hipnose de palco, você pode fazer alguns tipos de rotinas. Comece com rotinas que todos os voluntários possam fazer junto. E a tente se direcionar naqueles que podem manter os olhos fechados. Você pode fazer com que eles finjam tocar instrumentos enquanto você toca o pedaço de uma música.

Este grupo de rotinas ajuda realmente a aprofundar o estado do transe, e adicionalmente te dá um bom tempo para selecionar os voluntários que serão as estrelas de sua apresentação.

Em seguida você fará algumas sugestões hipnóticas. Neste momento é quando você acorda alguém, faz ele fazer algo e o coloca em transe novamente. Para que esta ação funcione, você precisa primeiramente de dizer-lhes que sempre que você estala seus dedos e diz a palavra “Durma” eles imediatamente devem voltar ao estado profundo de hipnose. Se você não fizer isto, você terá que hipnotizá-los denovo após cada rotina!

Eu recomendo realizar rotinas seguras. Você pode ter grande divertimento com hipnose sem precisar fazer com que alguém tire a roupa ou sem precisar subir na barriga de alguém suportado por duas!

Uma rotina favorita é dizer a alguém que quando ela colocar os óculos, ela verá todo o público inteiramente nú. Daí, acorde-os do transe. Leve um pouco de bate-papo com eles e pergunte se eles estão hipnotizados agora. Eles dirão que não estão e então você pode pedir-lhes para experimentar uns óculos experimentais… as reações são muito diversas, mas sempre de surpresa!

Lembre-se de agradecer a seus voluntários após uma apresentação e certifique-se que você removeu todas sugestões. É uma boa idéia permanecer no local de encontro por uma hora ou mais para responder a perguntas.

Para fins de informação – regressão: Esta é estranha, mas uma área fascinante da hipnose. Eu darei aqui um simples script para regressão e deixá-lo com algumas idéias pra você pensar.

Para regressar um cliente, mande-o imaginar que ele está em um quarto recheado de muitos livros. Numa mesa na frente dele está um novo livro, diga-lhe para abrir-lo e diga que há uma foto dele na primeira página exatamente com a aparência que ele está hoje. Diga-o para virar a página e diga-lhe que esta página seguinte mostra outro retrato dele, mas de um ano atrás, logo, ele está um ano mais novo.

Para alcançar a uma idade específica, diga para encontrar a página correta, ou, mande-o escolher na estante o livro que o atrai. Se você quer avançar na experiência diga-o para imaginar que a fotografia está crescendo e tornando-se tridimensional e mande-o adentrá-la. É uma boa idéia adentrar somente em fotografias de memórias agradáveis para evitar um incômodo emocional.

No fim da sessão, fique certo de trazer seu cliente de volta a suas idade e data atuais.

Você não está limitado a esta vida, você pode regressar um cliente às vidas passadas ou mesmo progredi-las ao futuro. Você pode igualmente usar a hipnose para ajudar com atividades mais esotéricos tais como a visão remota, a projeção astral e a canalização. Simplesmente use sua imaginação!

Sempre que você regressar um cliente, você corre o risco de abreaction. Assim você precisará saber como lidar com isso. Veja adiante.

 


ALGUNS PROBLEMAS : Falaremos agora sobre alguns problemas que podem ocorrer no processo de hipnose e o que fazer para resolvê-los.

Abreaction: Primeiramente, nós aprenderemos a lidar com a abreaction. Isto é raro, mas como pode acontecer você precisa saber sobre isto. Não é perigoso, é apenas desagradável, mas pode ser uma incrível experiência para o cliente e às vezes leva à uma cura tremenda.

Uma das melhores maneiras de abordar o abreaction é imaginar que aprofundar na mente subconsciente do cliente é encontrar uma bolsa de traumas que está lacrado há muitos anos. Embora um trauma esteja escondido, ele afeta o cliente de uma maneira muito negativa e impede que ele viva sua capacidade plena.

 Quando você começa sondar ao redor da mente do cliente você pôde acabar esbarrando neste trauma e acaba o liberando, se isso acontecer, ele vaza imediatamente para a superfície e o cliente experimenta uma chuva de emoções. Isto é muito fácil de reconhecer; o cliente aparentará estressado, fará caretas, chorará e na maioria das vezes, embora se livre do trauma.

A maioria de sessões terapêuticas não vão fundo o bastante para causar este tipo da reação, especialmente se você está usando técnicas de PNL (programação Neuro-Lingüística). Mas algumas técnicas, em particular a terapia da regressão, são muito mais prováveis de  produzir o abreaction.

 Se você está com um cliente e isto acontecer você pode fazer duas coisas. Alguns terapeutas conversam com o cliente durante a experiência com muito calma e o tranqüilizam dizendo que tudo vai estar bem. A idéia aqui é liberar toda aquela emoção presa, incentiva-o a deixá-la e espere muitos gritos. Após esta solução o cliente está geralmente feliz e cansado, e dirão que sentem como se um grande peso tivesse sido tirado dos seus ombros.

Outra alternativa de lidar com isso é retornar. Você deixa o trauma onde está e pede ao cliente que retorne ao quarto e diz que ele está com você e está seguro e o faz acordar do transe.

Pessoalmente, eu sugiro tratar o traumatismo e libertá-lo. Se ele se revelou, é porque há chances de que seja o momento ideal para que o cliente deixe ir algo que ele tem carregado por tempo suficiente. A maioria dos traumas que se revelam desta maneira, começaram na infância, em um momento que o cliente se sentia impotente. Certifique-se de você lembrar o cliente de que ele é forte e poderoso agora sendo um adulto e que ele está seguro. Diga-o que você está com ele e o incentive a deixar o trauma ir, em vez de lutar com ele. Você vai querer que ele libere a emoção, então a melhor maneira de fazer isto é reconhecê-lo, sinta-o e deixe-o simplesmente ir sem nenhuma luta.

Não presuma nem sugira nenhuma causa para o trauma, pois fazendo isso você pode criar falsas memórias, apenas permitem que liberem-no pacificamente.

Bem, essa é a situação mais séria pra ser afastada. A seguir vamos falar sobre um outro problema pequeno que você pode experimentar muito provavelmente… muito!

Risadas: É, estamos falando de risadas… pode esperá-las, porque elas irão definitivamente acontecer! Quando você começar a praticar com seus amigos eles darão risadas durante a indução, alguns deles fazem isto porque a situação é incomum, outros farão porque realmente podem sentir algo acontecendo, e isto funciona como um meio de segurança.

 Se alguém rir não pare a indução e não desista… use o riso ao seu favor! Rir conduz ao relaxamento e libera montes e montes de stress… então prossiga, ria com ele se você quiser. Assim que a pessoa se controlar e se acalmar, diga que se o riso voltar, isso fará com que ele fique duas vezes mais relaxados e o transe será duas vezes mais profundo. Daí diga algo engraçado e certifique-se de que acertou ao perceberem quanto ele ficou relaxado quando a risada parar, especialmente em torno do rosto, diga-o para perceber que os músculos e em torno de sua mandíbula relaxaram e ligue isto ao avanço do aprofundamento do transe!

Quando você começar a praticar você não desejará que as pessoas riem… mas uma vez você teve uma risadinha e usou isto ao seu favor, você desejará que todos façam isso! É uma grande ajuda ao transe se você o usa apropriadamente.

 

Estágio 5 – Hora de Acordar

 

 Acordar pessoas do transe pode ser tão fácil quanto dizer: "1, 2, 3; Abra os olhos; Completamente acordado!” MAS… isto é um desperdício, então use o script de acordar para incluir as últimas sugestões e certifique-se de que o cliente acorde se sentindo maravilhosamente bem… e naturalmente ansioso para se oferecer como voluntário noutra vez… assim que você consegue um monte de oportunidades de pratica!

Lembre-se de remover todas as sugestões que você usou durante o transe que seu cliente não vai querer manter, e esteja certo de o trazer completamente de volta à data atual… e com a idade certa!

Após ter acordado seu cliente, passe uns bons cinco ou dez minutos conversando positivamente sobre a experiência, uma vez que ainda estarão muito sugestionáveis por um tempo.

Uma vez que você acordou seu cliente abandone sua voz hipnótica de relaxamento. Use um tom positivo e entusiástico, e traga seu cliente de volta estágio por estágio da seguinte forma:



“Assim que eu contar de 1 a 3 você estará inteiramente acordado e de volta no quarto aqui comigo, se sentindo ótimo. 1. Comece a despertar agora deste estado de transe, ciente de seu corpo e completamente de volta ao quarto ouvindo o som da minha voz. 2. Seus olhos que começam a se abrir e você podem se esticar se você quiser enquanto volta acordando sua consciência, trazendo com você tudo que você aprendeu. O Transe é uma experiência maravilhosa e você pode descobrir cada vez mais e mais com cada transe, e 3. Olhos completamente abertos agora, de volta ao quarto e completamente acordado, se sentido ótimo! Seja bem vindo!”

 

Considerações finais

 

Isso é tudo! Agora tudo que você precisa fazer é praticar, praticar, praticar!! Você agora precisa de muitos voluntários, então seja legal com seus amigos e familiares, e lembre-se que você também pode praticar em você mesmo!

 Sempre que você hipnotizar alguém, faça um feedback e assim você poderá ajustar suas sessões mais rapidamente.

Se você quer aprender umas técnicas hipnóticas mais avançadas  verifique o site: www.inducingtrance.com