Mitologia greco-latina

 

Mitologia greco-romana tem tantos deuses que é impossível conhecer todos eles. Mas para começar o entendimento,

temos que conhecer ao menos os mais importantes. Os deuses e heróis explicavam quase tudo que acontecia no mundo antigo, incluindo o modo de agir das pessoas, guerras, crianças, a natureza e a humanidade.

Os deuses eram bem humanos. Podiam falhar, podiam ser feridos, podiam ser invejosos. Mas não eram, como se diz, pessoas com poderes especiais.

Existe todo um entrelaçamento e um motivo para os deuses serem assim.

Hoje em dia, poucos acreditam realmente nesses deuses. Mas eles tem tanto a ensinar que, na verdade, serem reais ou terem sido pouco importa.

 


Toda a mitologia é baseada nos deuses olímpicos. Eram os deuses mais importantes e conhecidos.

É importante saber que eles não eram uma família com a noção que temos hoje em mente e também que não é aquela história adaptada para crianças , em que Zeus e Hera são os pais bondosos de uma família feliz, que combate o malvado Hades, Pérsefone é uma menina linda e inocente, Baco é um cara bêbado

e Afrodite é uma gatinha sexy e por aí vai. A história não é bem essa.

Os deuses Olímpicos


Sabendo um pouco do principal, podemos agora voltar ao início: a criação do Mundo, a Mãe Terra e o Pai Céu, a guerra dos titãs.

O início e os titãs



Há também uma árvore genealógica dos deuses principais que pode ser de grande ajuda: Clique aqui para dar uma olhada.